Empresas do setor cooperativo absorvem jovens através do projeto Aprendiz Cooperativo e proporcionam a primeira oportunidade profissional 

post-jovens-talentos
Já imaginou ter seu primeiro contato com o mercado de trabalho aos 14 anos de idade? O Sescoop/RS, em uma parceria de sucesso com mais de 100 cooperativas do Rio Grande do Sul, através programa Aprendiz Cooperativo, te dá a oportunidade de iniciar a construção da sua carreira profissional em renomadas organizações. O Geração Cooperação elencou 10 empresas que implementam esse trabalho com adolescentes de todas as regiões do estado. Confira:

1 – CERTEL (TEUTÔNIA)

Cooperativa pioneira no trabalho de eletrificação no Brasil, a Certel é uma das empresas que atuam com jovens aprendizes.
Alunos com passagens pela entidade ou são efetivados por seu desempenho ou ganham uma boa referência em seu currículo. O trabalho realizado valoriza, cada vez mais, o estudante, que constantemente é estimulado a aprimorar seus conhecimentos. Para se candidatar para uma vaga na Certel, o e-mail para contato é rh@certel.com.br

2 – LANGUIRU (TEUTÔNIA)

Você sabe como funciona o processamento de carnes? Os jovens aprendizes que participam do programa na cooperativa Languiru podem te ensinar isso e outras ações da marca. Reconhecida internacionalmente no ramo alimentício pela qualidade do seu produto, a empresa é uma das parceiras do Sescoop/RS e forma dezenas de alunos anualmente.
O curso possui duração de 18 meses e é dividido em aulas teóricas, na estrutura do Colégio Teutônia, e práticas, na Unidade Técnica e Pedagógica da Granja do CT.
Ficou interessado? Gostaria de aprender mais sobre o ramo alimentício e por em prática toda a teoria aprendida? Através do site, a Languiru abre as portas para que você possa se tornar mais um profissional da cooperativa.

3 – SICREDI (UNIÃO METROPOLITANA RS)

E que tal estudar e depois por em prática todos seus conhecimentos adquiridos sobre o ramo financeiro? Uma boa, não é? Instituição financeira centenária, a Sicredi também trabalha com o programa Aprendiz Cooperativo em suas sedes espalhadas por todo o Brasil.
Durante o processo de aprendizagem, os alunos adquirem conhecimento sobre o ramo financeiro e administrativo, atributos relevantes para quem quer seguir na área. A regra é a mesma: deve estar estudando e possuir entre 14 e 24 anos. O discente interessado, que mora perto de uma cooperativa Sicredi, não pode perder essa oportunidade. Outras informações através do site.

4 – COOPERATIVA SANTA CLARA (CARLOS BARBOSA)

Mas não é só no banco que a garotada aprende sobre administrar. A cooperativa Santa Clara também seleciona e instrui estudantes em suas matrizes. Imagina ter como sua primeira empregadora uma das maiores empresas de laticínios do Brasil?
Com certeza seu currículo ganhará um peso maior. Além disso, construir uma carreira sólida e qualificada dentro de uma cooperativa desde o seu inicio é um grande passo profissional. Outro ponto importante é que a Cooperativa Santa Clara vive em constante processo de crescimento e expansão. Isto é, oportunidades não vão faltar para que novos alunos participem do Aprendiz Cooperativo. Interessados em ter sua primeira oportunidade no mercado de trabalho e aprender um ofício podem entrar em contato através do site.

5 – COTRIPAL (PANAMBI)

Na Cotripal Agropecuária Cooperativa, o conceito sócio-ambiental vem inserido nos princípios construídos junto aos alunos. Com foco no desenvolvimento agropecuário, a instituição cobre uma área de 85 mil hectares, distribuídos em 9 municípios do Rio Grande do Sul.
Visando seu crescimento no quadro funcional e também dar a primeira oportunidade mercadológica para jovens, a Cotripal viu com bons olhos a chance de participar do programa Aprendiz Cooperativo, em parceria com o Sescoop/RS. Além disso, a instituição visa servir à sociedade, já que abre portas para o futuro desses garotos e garotas. O contato para informações sobre começo de uma nova turma é através do email rhselecao@cotripal.com.br .

6 – COTRIJUÍ (IJUÍ)

Com foco na armazenagem e comercialização de produtos agrícolas, a Cotrijuí é uma das cooperativas que também participa do projeto Aprendiz Cooperativo. Os estudantes, que possuem a oportunidade de estudar e trabalhar na empresa, recebem conhecimento sobre a área administrativa da cooperativa.
A Cotrijuí está espalhada pelo Noroeste, Fronteira Oeste e Região da Campanha do Estado do Rio Grande do Sul. A instituição presta assistência para mais de 1.500 produtores de leite, entre outros agricultores. Interessados em participar do programa na empresa podem entrar em contato através do site.

7 – COTRIJAL (NÃO-ME-TOQUE)

Em Não-Me-Toque, a Cotrijal, outra parceria do projeto Aprendiz Cooperativo junto ao Sescoop/RS, recebe os discentes para sua primeira experiência profissional. Com a filosofia de gerar valor ao cooperado de forma moderna, segura e sustentável, a entidade forma novos profissionais constantemente para diversas áreas do cooperativismo. Os alunos, após cumprirem a parte teórica do curso, são designados para áreas dentro da cooperativa para iniciar a parte prática da formação.
Além disso, a Cotrijal Cooperativa Agropecuária e Industrial possui em sua política a responsabilidade social de zelar pelo meio ambiente, e isso é disseminado entre os estudantes que ingressam no curso. Ficou interessado? Você pode se candidatar para uma vaga de Aprendiz Cooperativo da Cotrijal através do site e selecionar a opção trabalhe conosco.

8 – COOPEROQUE (SALVADOR DAS MISSÕES)

Cooperativa que visa estimular o desenvolvimento sustentável do agronegócio, a Cooperoque também faz parte do seleto grupo de entidades que aderiu ao programa Aprendiz Cooperativo, do Sescoop/RS. Além disso, fortalecer a região que se encontra, através dos serviços que presta, é um dos objetivos que a cooperativa possui.
Os alunos que participarem das atividades propostas pela Cooperoque irão participar de aulas teóricas e práticas, divididas em módulos. Administração, cooperativismo e atendimento ao cliente são alguns dos ofícios propostos. Jovens da região, entre 14 e 24 anos, que possuam vontade de participar do processo seletivo e do curso, podem entrar em contato com o Cooperoque através do e-mail: cooperoque@cooperoque.com.br .

9 – COTRISOJA (TAPERA)

Também visando criar oportunidades no mercado de trabalho para os jovens, a partir do programa Aprendiz Cooperativo, a Cotrisoja promove a formação destes novos profissionais em sua sede. Aulas sobre cooperativismo, informática, empreendedorismo, matemática financeira, introdução à administração, mercado de trabalho e as demais esferas da cooperação são aplicadas. Na sequência, os estudantes recebem aulas dentro da cooperativa na forma de estágio remunerado. Durante todo o período, os discentes são avaliados e, ao final do curso, há chances de contratação.
A Cotrisoja possui a cultura de visar ao desenvolvimento conjunto, que seja benéfico tanto para empresa quanto associados. Estimular o desenvolvimento e a preservação das atividades econômicas de caráter comum dos associados pela prestação de serviços são visões repassadas para os funcionários da cooperativa e que os alunos também receberão. Ficou entusiasmado? Gostou da oportunidade? Para se candidatar a uma vaga e para outras informações entre em contato através do e-mail: sitecotrisoja@cotrisoja.com.br .

10 – COTRIROSA (SANTA ROSA)

Espírito de solidariedade e ajuda mútua. Essas são as expressões que norteiam e estimulam constantemente o crescimento da Cooperativa Tritícola Santa Rosa Ltda e que são passados aos alunos que participam do projeto Aprendiz Cooperativo na empresa. A Cotrirosa é uma cooperativa bem quista e firmada no mercado. Os discentes que atuam na empresa, que trabalha em parceria com o Sescoop/RS, têm em mãos uma grande oportunidade de crescimento profissional, além de um peso maior em seu currículo.
Os alunos participam, em um primeiro momento, das aulas teóricas sobre serviços de supermercados e outras funções administrativas no cooperativismo. Após, são designados para atuarem, a partir dos ensinamentos recebidos, em setores da Cotrirosa.
Garotos e Garotas, entre 14 e 24 anos, podem entrar em contato, para obter mais informações de como participar, pelo email cotrirosa@cotrirosa.com.br .

Depois de listarmos 10 cooperativas que aderiram ao programa e ofertam a primeira oportunidade profissional aos jovens, fazemos uma menção honrosa ao Sescoop/RS, que promove e entrelaça parcerias para que mais cooperativas iniciem esse trabalho.
De acordo com o Ministério do Trabalho, o Rio Grande do Sul está entre os estados que mais efetiva a contratação, com carteira assinada, dos alunos participantes do programa Jovem Aprendiz. Com mais de 100 cooperativas participando do projeto, motivos não faltam para que cada vez mais jovens assumam vagas nas cooperativas.

Que tal você, também, ter sua primeira chance no mercado de trabalho em uma cooperativa?!

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER!

Compartilhe: