As artesãs produzem pufes a partir de garrafa PET, bolsas ecológicas, entre outros produtos

02-thumb-blog-mulheres-arteiras

A partir de iniciativas de inclusão social podem surgir grandes ideias. Este é o caso da cooperativa Mulheres Arteiras, que fica localizada em Niterói, no Rio de Janeiro. Em 2006, a Secretaria Municipal de Assistência Social da Prefeitura de Niterói, com o Projeto de Geração de Trabalho e Renda, realizou cursos para mulheres de baixa renda. Por meio dos cursos, um grupo de artesãs se interessou por criar uma cooperativa.

Assim, em 2007, nasceu a cooperativa Mulheres Arteiras, com o intuito de melhorar a qualidade de vida das cooperadas. O grupo já participou de diversas feiras e exposições. Seus produtos vão desde pufes feitos de garrafa PET até bolsas ecológicas, que substituem os sacos plásticos. Além disso, a cooperativa tem parceria com a empresa Emabrinq, que fabrica artesanalmente brinquedos educativos, com temáticas relacionadas ao folclore brasileiro.

As Mulheres Arteiras já receberam o apoio da Caixa Econômica Federal, que tem o intuito de criar um relacionamento com as comunidades de baixa renda, além de promover o desenvolvimento social, econômico e ambiental. Os produtos feitos pela cooperativa são vendidos nas exposições, por e-mail e na própria sede.

Compartilhe: