Hello Europe, projeto criado por três portugueses, visa disseminar a arte de rua

Três amigos, uma van, cem dias na estrada e muita, mas muita arte de rua. Essa é a premissa do projeto Hello Europe, idealizado por três amigos de Portugal: Guilherme Duarte e João Mendes, ambos de 28 anos e Ivo Tavares, de 29 anos. Eles querem viajar por todo o continente europeu dentro de uma van, promovendo e divulgando os artistas de rua mais legais que encontrarem nas cidades em que vão visitar.

Seja um músico que compõe versos nas esquinas de Roma ou um pintor que ilustra a paisagem do centro de Paris, a ideia é entrevistar, promover e divulgar o trabalho dessas pessoas. Mas é claro, nem tudo são flores. Para tocar o projeto Guilherme, João e Ivo recorreram a uma plataforma de crowdfunding, para poder alcançar os 45,000 euros necessários aos custos da viagem e promoção dos artistas.

Ok, mas o que há de cooperativismo em tudo isso? Bem, analisando a forma como eles estruturaram o projeto é possível perceber alguns elementos de três, dos sete, princípios de Rochdale, também conhecidos como os sete princípios do cooperativismo:

Adesão livre e voluntária
Tanto a contribuição financeira das pessoa que apoiam o projeto como a participação dos artistas de rua é completamente espontânea, sem qualquer limitação social, política, racial, religiosa e de gênero

Autonomia e independência
O Hello Europe é completamente autônomo e controlado pelos seus membros-fundadores, sem nenhum vínculo governamental. Apesar de receber capital externo (dos apoiadores) os três sócios que o idealizaram mantém a autonomia do projeto.

Preocupação com a comunidade
Ao buscar a valorização dos artistas de rua da Europa Hello Europe se propõe a estimular a produção artística no Velho Continente, fornecendo divulgação e promoção a artistas que, antes, não tinham qualquer tipo de suporte e fortalecendo ainda mais o cenário artístico na Europa.

 

Compartilhe: