A parceria fez com que o lixo virasse fonte de renda para 160 famílias

02-thumb-blog-cooperativismo-futebol

Você já se questionou sobre o que acontece com o lixo, depois que jogamos ele fora? Aliás, será que o que você considera lixo não pode ser uma riqueza para outras pessoas? As cooperativas de coleta seletiva e reciclagem fazem daquilo que você descarta, algo que pode ser reutilizado. Os resíduos secos viram outros materiais e os orgânicos podem tornar-se adubo. Por isso, descartar o lixo no lugar certo faz toda a diferença.

Pensando em tudo isso, o clube de futebol Fluminense uniu-se com uma cooperativa de coleta, com o objetivo de tornar-se mais sustentável. A partir desta parceria, o lixo gerado dentro do Estádio Maracanã virou fonte de renda para 160 famílias! No intervalo dos jogos é quando as pessoas costumam descartar mais lixo. “O Fluminense joga limpo”, anunciava o telão do estádio do clube, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro, incentivando que o lixo fosse colocado na lixeira correta.

Após o jogo, a cooperativa entra em ação, fazendo a triagem dos resíduos recicláveis e orgânicos, no Maracanã. Depois da separação, o lixo é ensacado, pesado e é transportado para a cooperativa, onde tudo será reaproveitado de algum modo. O projeto é inédito, mas pode servir de exemplo para outros clubes de futebol.

Fonte: G1

Compartilhe: