Uma das disciplinas ministradas pelo professor Carlos Alberto Oliveira, na Escoop, é Empreendedorismo Cooperativo

Você sabia que empreendedorismo e cooperativismo são dois temas que andam juntos? Conversamos com o professor Carlos Alberto Oliveira, que, além de ser sócio de uma cooperativa e estudar o tema, passa o seu conhecimento sobre o cooperativismo na Escoop. O professor ensina as disciplinas de Ambiente de Negócios Globalizados e o Cooperativismo; Empreendedorismo Cooperativo; e Plano de Negócios. “Nessas três disciplinas são oferecidos elementos para análise do ambiente de negócios com foco no posicionamento das organizações cooperativas. Entre as ferramentas utilizadas, os estudantes são desafiados a elaborarem planos de negócios, considerando os princípios cooperativistas”, explica.
Turma 2016-2 Escoop

Mas, então, qual é a diferença entre uma cooperativa e uma empresa tradicional?

As cooperativas tem um objetivo bem claro: beneficiar todos os seus cooperados. “Cooperativas atuam nos mesmos mercados que empresas tradicionais e também necessitam de estratégias de posicionamento e desempenhos econômicos positivos. Contudo, a cooperativa tem o foco nos cooperados, em elevar a renda destes e favorecer a distribuição de benefícios”, esclarece o professor. Sendo assim, as cooperativas possuem uma característica muito legal, que é o empoderamento de seus cooperados e o estímulo ao exercício da democracia, já que todos têm poder de decisão!

 

E qual o papel da Escoop/RS dentro do cooperativismo?

Nosso estado tem mais de 2,6 milhões de associados e emprega mais de 58 mil pessoas. Sendo assim, é importante ter um espaço como a Escoop, “um ambiente que é dedicado ao cooperativismo, a formação de líderes, ao preparo de gestores, ao compartilhamento de ideias”, define o professor. Carlos Alberto destaca como um diferencial da Escoop, a oportunidade de trabalhar a educação sobre cooperativismo com abordagem acadêmica e profissional proporcionando qualificação: “É um modelo econômico viável, com impacto social e ambiental positivo”.

Quer saber mais sobre a Escoop? Confere aqui!

Compartilhe: