“Hoje, se passar na rua, todo mundo me chama, todos me conhecem.
É legal um lugar onde você vive e se sente em casa, onde todo mundo é tratado igual”.
Junior Gilles

Histórias Reais CYC - EP02 - Min YT_Prancheta 1

Fala, galera!

O Sescoop/RS lançou a terceira temporada da websérie Histórias Reais do Cooperativismo, certo? O nosso artigo da semana retrasada foi sobre esse lançamento, que, caso queira, tu encontra aqui.
Agora, queremos falar do segundo episódio, da websérie, que retrata a força do Cooperativismo Gaúcho e traz o final feliz do imigrante haitiano Junior Gilles.

Você lembra do que aconteceu no Haiti?

No dia 12 de janeiro de 2010, um terremoto atingiu o território do Haiti. A tragédia, de ordem natural, deixou 250 mil pessoas feridas e 1,5 milhão de habitantes desabrigados. Diversos edifícios desabaram, inclusive o palácio presidencial da capital Porto Príncipe. O número de mortes ultrapassou 200 mil pessoas.

O Brasil e uma oportunidade para recomeçar:

Preocupado com o seu futuro e o bem-estar de sua família, Junior fez parte de um grupo de 50 imigrantes que ingressaram na Dália Alimentos, em 2012. A cooperativa, que enfrentava um déficit de mão de obra na época, viu a chance de reforçar sua equipe e, ao mesmo tempo, ajudar, oferecendo oportunidade de trabalho para quem precisava, auxiliando assim, o coletivo e outras comunidades.

Família Dália:

Gilles, hoje funcionário da área de abate da Cosuel/Dália Alimentos, afirma que encontrou na cooperativa um ambiente de respeito e que o abraçou como se fosse da família. Animado, conta: “Hoje, se passar na rua, todo mundo me chama, todos me conhecem. É legal um lugar onde você vive e se sente em casa, onde todo mundo é tratado igual”.

A Cosuel/Dália Alimentos, é uma das inúmeras cooperativas que apoiam a inserção de mão de obra estrangeira no mercado nacional. Em outubro de 2017, do total de 2.213 funcionários, o percentual de estrangeiros era de 15%, todos com emprego formal. Sandra Lucca, supervisora do Setor Pessoal, exalta o trabalho conjunto para a efetividade da iniciativa: “Eu diria que, se o Projeto Dália deu certo, é porque várias mãos se juntaram. E, além de fazer o trabalho funcionar, viu uma forma de ajudar”.

Confira este episódio na íntegra:

Inscreva-se no canal do Sescoop/RS no YouTube e reveja as temporadas passadas do Histórias Reais em www.historiasreais.coop.br.

 

Compartilhe: