A iniciativa, que é inédita no Brasil, atuará na formação de jovens

   Quarenta e seis jovens das cidades de Teutônia e Não-Me-Toque estão participando do Programa Aprendiz Cooperativo do Campo, um curso de aprendizagem que incentiva a permanência do jovem no campo e estimula a sucessão familiar.

Na primeira cidade, o programa é apoiado pela Cooperativa Languiru, e na segunda, pela Cotrijal.

Destinado a estudantes entre 14 e 24 anos, o programa tem mais de 1.100 horas de formação. As atividades estão divididas entre teóricas e práticas, desenvolvidas ao longo de 18 meses.

Leia a matéria completa aqui.

Compartilhe: