Produtores rurais, agropastoris e de pesca: conheça as cooperativas agropecuárias

Formadoras de um dos mais tradicionais ramos do cooperativismo, as cooperativas agropecuárias foram por um longo tempo sinônimo dessa atividade. Ainda ocupam uma posição de destaque no cenário nacional, não é à toa que 50% de toda a produção agropecuária brasileira passa de alguma maneira por uma cooperativa. 

O ramo agropecuário tem a finalidade de organizar e auxiliar a produção de seus associados, de forma que eles consigam melhores resultados na comercialização de seus produtos. Dessa forma, as cooperativas devem integrar e orientar os produtores, facilitando questões como a aquisição de sementes, fertilizantes e etc. divisão dos custos de assistência técnica, difusão do uso de novas tecnologias e, como já citamos, o comércio do produto final.

No Rio Grande do Sul, existe uma vasta quantidade de cooperativas desse ramo. De acordo com dados do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, o setor é extremamente forte no estado. Entre os anos de 2010 e 2011 teve um crescimento de 22,5% e atualmente representa 69% do faturamento do cooperativismo estadual. De acordo com o presidente do Sescoop, cerca de 70% dos 272 mil associados a cooperativas Agropecuárias possuem propriedades pequenas, de até 50 hectares.

Compartilhe: