Conheça cooperativas que movimentam a economia dos municípios da região Noroeste do RS.

As cidades de Frederico Westphalen e Rodeio Bonito situam-se na região Noroeste do Rio Grande do Sul e estão a apenas 50 km de distância.

Fundada em 1954, Frederico Westphalen é o principal centro comercial da microrregião do Médio Alto Uruguai – por isso o apelido “Princesa do Médio Alto Uruguai”. Os frederiquenses se destacam na economia local e estadual com indústria metalúrgica, produção de fibra de vidro, abatedouros, entre outros.


Frederico Westphalen. Foto: Carina Oliveira

Sob o lema “Rodeio por sua história, bonito por sua gente”, a cidade de Rodeio Bonito tem pouco mais de cinco mil habitantes. Separou-se do município de Palmeira das Missões em 1963 e, atualmente, é conhecida pela agricultura familiar com o cultivo de milho, soja, feijão, fumo, trigo e citrus.

Rodeio Bonito. Foto: Prefeitura Municipal

Creluz – Rodeio Bonito

De Rodeio Bonito para o mundo! A Creluz, cooperativa de geração de energia limpa, renovável e sustentável, recebeu dois prêmios de reconhecimento pelo seu trabalho. Em 2010, o Prêmio Internacional Ashden foi responsável por colocar a cooperativa como referência mundial de empresa preocupada com o desenvolvimento sustentável. Já em 2012, a Creluz levou para casa o Arch of Europe Quality Award pela qualidade de gestão, sustentabilidade empresarial, excelência, liderança e bons resultados.

No seu início, em 1966, a Creluz só atendia áreas rurais e vilas, mas, atualmente, gera energia para 16 sedes municipais.

Cooper A1 – Rodeio Bonito

Já ouviu falar em um armazém construído pelos próprios associados? Essa é a história da Cooper A1, a cooperativa de produção mais antiga de Santa Catarina que se expandiu e chegou a Rodeio Bonito. Desde 2004, a Cooper A1 atua como produtora de leite, suínos, aves, gado, grãos e ração. Um dado interessante é que 91% dos sete mil associados pertencem à agricultura familiar.

Cotrifred – Frederico Westphalen

A Cotrifred foi fundada em 1957 para facilitar a vida dos produtores de trigo: fornecia insumos necessários à lavoura e recebia e comercializava a produção dos associados. Com o passar do tempo, as atividades dos cooperados se expandiram para outras áreas agrícolas. Hoje, a Cotrifred é uma potência regional que atua em suinocultura, bovinocultura de leite, supermercados, fábrica de rações e abatedouro de bovinos e suínos. Conta com mais de três mil associados de oito municípios e um patrimônio líquido de R$ 29 milhões.

Outras cooperativas da região:
Cooperfred: Frederico Westphalen – Habitação
Sicredi Alto Uruguai: Rodeio Bonito – Crédito

Compartilhe: