De Rio Grande a São Lourenço do Sul: conheça as principais cooperativas localizadas no sul do Rio Grande do Sul

Nosso roteiro pelo sul do estado começa por Rio Grande, cidade litorânea conhecida por seu Porto, segundo em movimentação de cargas no Brasil, e pela Refinaria de Petróleo Riograndense. Em Rio Grande também se encontra a praia mais extensa do mundo: a praia do Cassino, com 240km de costa para o Oceano Atlântico.

Foto: Divulgação

  Em Rio Grande estão presentes três cooperativas, a Cooperativa Odontológica Uniodonto; a unidade sul da cooperativa médica Unimed; e a Cooperativa dos Transportadores Autônomos do Rio Grande do Sul (COOTARGS), que realiza trabalhos de armazenamento, carga, consultoria, logística e transporte de pessoas na região de Rio Grande.

 Foto: Divulgação

Não perca: Fundado há mais de 50 anos, o Museu Oceanográfico de Rio Grande mantém uma exposição permanente sobre a vida e a dinâmica dos oceanos, apresentada por meio de painéis, maquetes, aquários e outros equipamentos de pesquisa oceanográfica.

Pelotas

Pelotas é uma cidade que dispensa apresentações. Terceira maior cidade do Rio Grande do Sul, com 328.275 habitantes, se caracteriza pela arquitetura e culinária dos imigrantes portugueses vindos do arquipélago dos Açores. Pelotas também é nacionalmente conhecida pela Fenadoce – Festa Nacional do Doce e pela produção do charque, enviado para o Brasil inteiro e responsável por boa parte da riqueza da cidade em tempos passados.

Dentre as cooperativas de Pelotas, destacam-se a Sul Ecológica , que congrega produtores ecologistas da microrregião da cidade; e a Cooperativa Sul-Rio-Grandense de Laticínios Ltda. (COSULATI) , fundada há mais de 40 anos.

Não perca: Pelotas conta com monumentos, paisagens e belas vistas, tanto na área rural como na zona urbana. Não deixe de visitar a zona do porto, onde foram gravadas imagens para a minissérie “Incidente em Antares”.

Foto: Divulgação

São Lourenço do Sul – Coopar

Para encerrar o passeio pelo sul do estado, nada melhor que alguns dias em uma cidade com forte apelo turístico. São Lourenço do Sul é a maior e mais visitada das praias da “Costa Doce” (alusivo à água doce) do estado. Cidade de colonização alemã, São Lourenço se destaca pela agricultura e pesca, além de possuir uma boa estrutura de hotéis, cabanas, pousadas e campings para desfrutar da orla da Lagoa dos Patos.

A cidade também é sede da Cooperativa Mista dos Pequenos Agricultores (COOPAR) , que mantém duas fábricas de laticínios. Nelas são produzidos diversos tipos de queijo (Pomerano Prato/Lanche, Gouda e Colonial), leite pasteurizado, bebida láctea de sachê, creme de leite pasteurizado (nata), requeijão e doce de leite.

 Foto: Divulgação


Não perca:
Em São Lourenço do Sul há o “Caminho Pomerano”, rota que passa pela zona rural da cidade. Lá é possível saber mais sobre a cultura e idioma dos moradores locais, que vieram da Pomerânia (região histórica e geográfica situada entre a Polônia e a Alemanha).

Compartilhe: