São muitos modos que você pode cooperar para que o Natal seja mais feliz para todos. Confira.

Artigo_5Atitudes_NAtal_V002

Faltam poucos dias para o Natal. Provavelmente você está na correria dos preparativos de uma noite feliz. Mas e se a felicidade se espalhasse para mais famílias? A gente traz aqui 5 exemplos para você:

1 – Ser voluntário

via GIPHY

Sabemos que final de ano não é fácil para ninguém, então, que tal doar um pouco do seu tempo e não gastar nada? Ao se tornar voluntário de um projeto ou de uma ONG, você consegue estender o espírito natalino para além dessa data.

A nossa dica é se juntar a uma cooperativa social. Sabe o que é?

Uma cooperativa formada por pessoas em estado de vulnerabilidade social, como, por exemplo, pessoas com deficiência. Legal, né? Assim, elas conseguem se capacitar e participar ativamente do mercado de trabalho e da sociedade. Porém, para o pleno funcionamento, é necessário que tenham voluntários sem deficiências para a prestação de diversos serviços.

2 – Fazer a listinha de Natal com produtos sustentáveis e de cooperativas sociais

via GIPHY

Agora que você já está ciente das cooperativas sociais, que tal comprar os presentes de Natal delas? Você estará ajudando na continuidade desse ramo tão importante do cooperativismo.

Além dos produtos sociais, sugerimos sempre tentar dar presentes sustentáveis, afinal, você estará incentivando formas de melhorar o mundo. Quer um pouco de inspiração? Lá vai: canudos de metal ou bambu, copos do Menos 1 Lixo, roupas feitas de garrafa PET, qualquer coisa feita de material reciclado e muito mais.

Ih, nem adianta fazer essa cara de descrente… Pode conferir como são lindos pelos links abaixo:

Leia mais  Lista de 5 cooperativas para seguir no LinkedIn

3 – Contribuir com a ceia solidária

via GIPHY

Uma das razões para esperarmos o Natal o ano inteiro é a C-O-M-I-D-A.

Bom, menos as com uva-passa, mas não vamos entrar nessa treta agora… O que viemos debater é que você pode cooperar para ceias de pessoas carentes de muitos modos: se voluntariando para cozinhar e organizar e, também, com doações de alimentos e dinheiro. Massa, né?

4 – Mudar o look muda vidas

via GIPHY

Que tal, finalmente, separar um tempo para organizar o closet e fazer a limpa nas roupas que não usa mais? Com certeza, farão a diferença na vida de pessoas desfavorecidas. Em uma pesquisa rápida, você encontra ONGs, abrigos e creches da sua região que aceitam esse tipo de doação.

E se estamos falando de dar uma mudada no visual, cortar o cabelo não pode ficar de fora, né? Então, quando for renovar o corte, peça ao seu cabeleireiro separar para doação. Qualquer cabelo pode ser doado, inclusive os com química e os brancos. O único requisito é ter pelo menos 15 centímetros.

Com essa atitude, você estará cooperando com pessoas vítimas de câncer, alopecia ou que perderam por outras situações graves.

5 – Adotar em vez de comprar

via GIPHY

Não é só com as pessoas que podemos ser cooperativos. Resgatar um animal que vive na rua ou em abrigo é a chance de fazer a sua vida e a dele muito mais feliz e cheias de amor. Pense nisso antes de gastar uma grana em um bichinho de estimação criado, normalmente, de maneira irregular.

Adotar é o máximo, mas só de maneira responsável, certo? Os animais não são objetos, precisa haver comprometimento de não os deixar sozinhos em casa, brincar com eles e, se forem cachorros, levá-los para passear, no mínimo, 3 vezes por dia.

Leia mais  Dica de leitura: “Cooperativismo de Plataforma”

Mesmo que não esteja querendo um pet no momento, você ainda pode retirá-lo da rua e levar a uma ONG ou abrigo. Já o ajuda e muito!

E aí, já decidiu de quais jeitos vai cooperar com um Natal melhor?

Inscreva-se em nossa Newsletter!
Compartilhe: