Mas, afinal, quais são os diferenciais do curso em relação aos cursos de gestão tradicionais?

Quem quer advogar faz Direito; quem quer comunicar faz Publicidade ou Jornalismo; quem quer lecionar, Licenciatura. E quem quer atuar em uma cooperativa, faz o quê? A resposta é simples: cursa Gestão de Cooperativas na ESCOOP.

Nunca ouviu falar? Tem dúvidas sobre o curso? Busca uma opção de graduação diferenciada? Foca aqui neste post que o Geração Cooperação vai te ajudar.

 

1) Direto ao ponto

Aprenda tudo que você precisa para atuar na gestão de uma empresa.

O Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Cooperativas foi criado para atender à necessidade de qualificação e formação de gestores que realmente entendam de negócios cooperativistas. Sem enrolação, todas as disciplinas são focadas diretamente na formação do gestor para atender às necessidades de uma cooperativa de qualquer ramo, e trazem conteúdos como economia, finanças, recursos humanos e marketing.

 

2) O foco aqui é cooperativismo

“Ah, então é tipo Administração de Empresas?” É tipo isso.

Enquanto cursos de gestão tradicionais formam gestores com foco no mundo corporativo, o Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Cooperativas forma gestores para atuarem no cooperativismo.

Você, talvez, esteja se perguntando: e tem diferença?

A resposta é: sim. Muitas. Enquanto em uma empresa tradicional o objetivo é o lucro do capital, a cooperativa busca o lucro social, ou seja, prestar serviço ao seu quadro social viabilizando o seu desenvolvimento social e econômico. Enquanto a empresa tem compromisso econômico, a cooperativa tem compromisso social, educativo e econômico.

Um exemplo prático é o ensino de RH, onde é ensinada a gestão do relacionamento com o cooperado e entre cooperados, e não entre patrões e empregados. Assim, a disciplina “Gestão de Pessoas em Sociedades Cooperativas” traz a teoria de Recursos Humanos adaptada ao cooperativismo, em que o cooperado é sócio e responsável pelo empreendimento.

Leia mais  Aprovados no vestibular da Escoop

 

3) Professores especialistas

O corpo de docentes é um dos principais diferenciais do curso.

Para que o aluno realmente aprenda com quem sabe do assunto, a ESCOOP conta com os melhores professores. O quadro de docentes é formado por mestres e doutores experientes e atuantes no cooperativismo. Ou seja, eles ensinam o melhor da teoria de gestão, seguindo a prática das cooperativas.

 

4) Disciplinas práticas

Para ir além da teoria, coloque a mão na massa de verdade.

O melhor jeito de aprender é fazendo. O currículo do curso conta com disciplinas de integração teórico-práticas, que proporcionam o contato direto do aluno com o cooperativismo e incentivam a ação. Além das aulas expositivas, as aulas contemplam estudos de caso, seminários, elaboração de plano de negócios e vivências em cooperativismo.

 

5) Oferecimento de bolsas de estudo

Agora o curso cabe no seu bolso.

Buscando facilitar o acesso à graduação cooperativista, são fornecidas bolsas de estudos de 70% do valor do curso. A iniciativa faz parte do programa de incentivo à educação cooperativista, sendo custeadas pelo Sescoop/RS e oferecidas para todos associados e empregados de cooperativas. Não tem mais desculpa para não cursar, não é mesmo?

 

Esses são alguns dos diferenciais do curso Gestão de Cooperativas. E você ainda tem alguma dúvida sobre a graduação? Compartilhe conosco, estamos aqui para ajudar!

Inscreva-se em nossa Newsletter!
Compartilhe: