Lei Áurea foi um marco na história do Brasil

Há exatos 125 anos, em 13 de maio de 1888, o Brasil, através da Lei Áurea, dava adeus à escravidão como uma forma de relação social. Em nosso país, a escravidão é marcada pela exploração de escravos negros, trazidos da África, porém, muitos índios também foram vítimas desse processo.

Antes que você se pergunte “mas o que isso tem a ver com cooperativismo?” nós respondemos: tudo. Esse episódio histórico alavancou o crescimento das cooperativas no país, já que as condições sociais, políticas e econômicas da mão-de-obra escrava e a aristocracia rural, que imperavam na época, representavam fortes entraves para o desenvolvimento de um sistema que prioriza o coletivo em detrimento do individual, como é o caso do cooperativismo. Com a consolidação da República, a liberdade de reunião, a expansão da imigração europeia e a explosão demográfica nas grandes cidades o cooperativismo brasileiro se fortaleceu ainda mais. Hoje o cooperativismo já está impregnado na economia brasileira, com cooperativas dos mais diversos ramos despontando como referência de organização, eficiência e inovação.

 

Confira também como as cooperativas viraram uma alternativa à escravidão, em Buenos Aires!

Inscreva-se em nossa Newsletter!
Compartilhe: