O empreendimento será uma novidade tecnológica para a região, pois utilizará robôs na realização da ordenha dos animais.

Esta notícia vem da terra da mentira mas é a mais pura verdade. A cooperativa Dália Alimentos está construindo em Nova Bréscia um condomínio leiteiro que vai alojar 262 vacas. O empreendimento será uma novidade tecnológica para a região, pois utilizará robôs na realização da ordenha dos animais.

De origem sueca, os equipamentos deverão ser instalados nas próximas semanas. A técnica, bastante utilizada por produtores na Europa, será implementada também em condomínios de vacas em Roca Sales, Arroio do Meio e Candelária. O investimento total da Dália Alimentos será de aproximadamente R$ 20 milhões.

Através do Programa Associativo de Produção Leiteira da Dália Alimentos, pioneiro no Brasil, os produtores serão sócios do empreendimento e responsáveis pela alimentação e aquisição das vacas. Eles participam adquirindo cotas, de acordo com o número de animais que alojarão.

De acordo o presidente do Conselho de Administração da Dália Alimentos, Gilberto Antônio Piccinini, o projeto-piloto é importante pois servirá para estimular as famílias a planejarem o futuro da produção leiteira.

Segundo Piccinini, a Dália Alimentos projeta que os associados se tornem produtores referência, com escala viável, equipamentos modernos e um futuro com maior renda.

A escolha da ordenha robotizada para esse projeto foi motivada pela busca de uma solução para o déficit de mão de obra na região e uma alternativa para incrementar a produtividade desses produtores familiares.

Inscreva-se em nossa Newsletter!
Compartilhe: