Durante um ano, o Geração Pergunta propôs questões sobre cooperativismo para que nossos leitores respondessem. Confira as dez melhores respostas a diferentes perguntas que selecionamos.

Quais valores do cooperativismo você leva para a sua vida?

“Ajudar as pessoas pensando no bem de nossa comunidade e cidade. Acho que ajuda mútua é o valor que mais gosto do cooperativismo!”

Janaina Pereira

Quais mudanças são necessárias para construir um mundo melhor? 

“A mudança no pensamento. A ação só ocorre depois do pensamento, nunca antes. Para mudarmos a ação, devemos mudar a maneira de pensar. Devemos encontrar novas diretrizes para as relações sociais, para não nos limitarmos somente à relação comercial que é o que vem acontecendo hoje, cada vez mais forte. Pensar sempre no problema do outro, o próximo, e não fugir dele, para acabar com a intolerância.”

Mauricio W. da Silva

O que você faz (ou pode fazer) pra difundir o cooperativismo?

“Eu como Aprendiz Cooperativo, com o conhecimento que eu tenho sobre os valores e as lições que isso me traz, faço disso para divulgar, explicar e compartilhar com as pessoas o que é, e como funciona e seus valores. É uma mínima coisa, mas é assim que se começa, é assim que vamos construir um espaço ainda maior, e o futuro está ai, nas mãos de nós jovens que temos tantas opiniões e dúvidas, mas estamos aí, preparados para o NOVO!”

Graziela Petrecheli

O que as culturas indígenas e o cooperativismo têm em comum?

“Ambos praticam da base de cooperar um como outro para o bem maior, cada qual trabalhando no que sabe fazer melhor.”

Thielly Langer

O que o cooperativismo tem a ver com a cultura digital?

“O cooperativismo, através da cultura digital, tende a ser mais rapidamente difundido, compreendido e aceito pelas novas gerações. As ferramentas digitais propiciam essa maior rapidez à trajetória cooperativista que o mundo está tomando. O projeto Geração Cooperação na rede propicia, especialmente, aos jovens, um norte, com amplos e novos horizontes de que tanto necessitam.”

Leia mais  Mulheres revolucionam a produção de café na Costa Rica

Engelberto J. Henn

Como os jovens podem contribuir para o futuro do cooperativismo?

“Para a construção de um mundo melhor, mais cooperativo, os jovens deveriam primeiro procurar conhecer o cooperativismo, como prática social, sua história, doutrina, princípios e valores, isto já está acontecendo em média escala. A segunda questão é praticar o cooperativismo e, para isso, não há nada melhor que se associar em uma cooperativa, qualquer uma que tenha objetivos comuns a este jovem. Desta forma, sairemos da teoria para a prática e, num piscar de olhos, as coisas vão melhorando.”

José Zigomar Vieira dos Santos

Qual o princípio do cooperativismo que mais te atrai a participar desse modelo de negócio?

“A gestão democrática, pois é muito complexo poder opinar dentro de uma empresa comercial e em muitas não existe este canal com o colaborador. Poder participar das decisões dentro da cooperativa é o fator que me motivou a participar deste modelo de negócio.”

Evelynne

O que o cooperativismo tem a ver com esporte?

“Tem tudo a ver cooperativismo e esporte. Um atleta sozinho consegue derrotar um time todo, no futebol, por exemplo? Dificilmente. Cada um faz sua parte. O goleiro, atacante, zagueiro, cada um com um dever, mas todos pelo mesmo objetivo. Esse é um dos princípios do cooperativismo.”

Júlia

Que relação você vê entre cooperativismo e empreendedorismo?

“O sistema cooperativo tem o empreendedorismo desde o princípio. A ideia de vencer dificuldades por meio de princípios e valores foi empreendedora, e continua sendo ao manter vivo o cooperativismo despois de quase dois séculos. Mesmo com a globalização o cooperativismo continua sendo a alternativa para milhares e milhares de pessoas. ”

Maritânia Bagnara

Qual é a maior transformação que o cooperativismo pode trazer para o mundo em 2013?

“Pelas diversas crises pelo mundo afora, haverá uma conscientização que em tempos de crises as cooperativas bem administradas são muito menos afetadas por uma crise, especialmente as de amplitude nacional ou mundial. Esta conscientização fará com que mais pessoas passem a se integrar a este movimento que equilibra de forma sólida o econômico e o social.”

Leia mais  Crianças têm experiência cooperativista com Projeto Sementes do Cooperativismo

Mário Konzen

Inscreva-se em nossa Newsletter!
Compartilhe: