E quem foi que disse que inovação não pode causar algum nojinho?

Todo mundo sabe que separar o lixo, reduzir o uso de plástico e maneirar no consumo de água são atitudes ecologicamente sustentáveis. Agora é a hora de falarmos das iniciativas “fora da curva” que ajudam a tornar o mundo um lugar melhor. Prepare o estômago, respire fundo, e confira as quatro iniciativas sustentáveis mais bizarras de todos os tempos.

 

1) Louça comestível

Quando acaba a comida, você come o prato. Afinal, copo descartável e prato sujo na pia são coisas do passado.

A iniciativa vem da empresa polonesa BioTrem, que, após muita pesquisa (e talvez algumas intoxicações alimentares), lançou uma linha de talheres, pratos e copos feitos de ingredientes orgânicos. O resultado são produtos inovadores, feitos com farelo de aveia, centeio e trigo, os quais substituem os tradicionais utensílios descartáveis feitos de plástico. E o melhor de tudo? Eles são uma ótima fonte de fibras para o ser humano, afinal, são comestíveis.

 

2) Tênis feito de chiclete mascado

Você faz alguma ideia de como é feito o chiclete? Nem a gente, mas descobrimos a melhor maneira de acabar com ele.

Provavelmente, algumas crianças já sonharam em usar roupas feitas de doces. Mas a fabricação de um tênis utilizando chiclete mascado ultrapassa os limites da criatividade, até mesmo de uma criança.

Parece brincadeira, né? Mas a matéria-prima para a fabricação do GumShoe vem da reciclagem de gomas de mascar recolhidas nas ruas em Amsterdã, na Holanda. A tecnologia transforma os resíduos de chiclete em um material semelhante à borracha. O desenvolvimento é assinado pela empresa holandesa Gumdrop, que hoje comercializa o modelo de tênis desenvolvido com chiclete em seu site.

Leia mais  Perfil: Lucas Carvalho // Liderança e inclusão no mercado de trabalho

 

3) Baratas do Bem

Com certeza, a iniciativa mais peculiar dessa lista.

O que baratas têm a ver com sustentabilidade? Em um primeiro momento, nada, mas na China, muitas empresas abriram mão da dedetização, e de outras formas de eliminar baratas, para utilizar os insetos de um jeito diferente. A iniciativa consiste na utilização de baratas, e do seu grande apetite, para auxiliar a gerir o lixo humano de forma mais sustentável.

Considerando a enorme quantidade de lixo produzido na China, as “fazendas de baratas” vêm crescendo no país e são vistas como uma solução lucrativa para acabar com os resíduos. Além de utilizar os animais para combater o lixo, a prática permite a reinserção da barata na cadeia alimentar, utilizando baratas mortas para a criação de insumo proteico para bovinos.

 

4) Gases de vaca como combustível

Para a vaca não ir para o brejo, tem gente apostando na reciclagem dos gases emitidos por bovinos.

O gado, que já foi considerado um dos principais causadores do aquecimento global, agora é herói. Um grupo de pesquisadores criou uma tecnologia capaz de reciclar os gases emitidos pelas vacas. A ideia, que veio do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA), da Argentina, consiste na coleta, purificação e compressão dos gases, transformando-os em fonte de energia.

Mas ideias assim nos inspiram. Afinal, com certeza, existem jeitos mais práticos de ser sustentável, né?

Inscreva-se em nossa Newsletter!
Compartilhe: