10 de abril, é comemorado no Brasil o Dia da Engenharia, uma das ciências/artes/profissões mais antigas do mundo

Das Pirâmides do Egito, passando pelas invenções de Leonardo da Vinci, às construções pós-modernas, a engenharia sempre desempenhou um papel importante na sociedade humana. Se antes ela era lembrada pela sua conexão com invenções elementares, como a roda, a alavanca e a roldana, hoje ela se desdobra em diversas ramificações, como engenharia elétrica, agrônoma, híbrida e biomédica.

Matemática, mecânica, aparelhos, sistemas e processos são algumas, das muitas, expressões que fazem parte do cotidiano de engenheiros, sejam eles agrônomos, mecânicos ou químicos. A formação acadêmica consiste em cursos superiores com, em média, cinco anos, e com disciplinas como cálculo, química e física, além de conteúdos específicos, de acordo com a especialização.

Quando o assunto é cooperativismo, a engenharia pode aparecer em diversos ramos. Por exemplo, na construção de residências, nos ramos de cooperativas habitacionais, ou na organização da rede energética de alguma estrutura, nas cooperativas de intraestrutura, como a Certel, a Coprel e a Creluz.

Confere abaixo dois vídeos bacanas, de construções muito legais, ambas no Reino Unido:

Falkirk Wheel (Escócia)

Gateshead Millennium Bridge (Inglaterra)

Inscreva-se em nossa Newsletter!
Compartilhe: