Não é de hoje que os cursos de pós-graduação passaram a ser considerados quase essenciais no mercado de trabalho. O que ninguém te contou é que a parte mais difícil é decidir: Especialização ou MBA? EAD ou presencial? Mestrado profissional ou acadêmico? Lato sensu ou scricto sensu? Com tantas opções, é melhor conhecer bem as diferenças entre elas.

 

Antes de mais nada, o que é pós-graduação?

Chovendo no molhado, de um jeito bem simplista, podemos dizer que “pós-graduação” se refere a todos os cursos feitos após a graduação, sejam lato sensu ou stricto sensu.

 

Stricto, oi? Lato, quê? Entenda os dois tipos de pós-graduação

O nome é latim, mas a definição é brasileira. No país, os cursos de pós-graduação são divididos em dois grandes grupos: stricto sensu e lato sensu. O primeiro refere-se aos cursos de mestrado, doutorado e pós-doutorado. Já lato sensu diz respeito a cursos que buscam aperfeiçoar aspectos do profissional focado em uma área específica.

Ainda confuso? Fica tranquilo, listamos abaixo os tipos de cursos ofertados no Brasil e as características de cada um deles. Confira qual combina mais com você:

 

Master Business Administration: um bom negócio

Dentro das diplomações Lato Sensu, temos os cursos de MBA (Master Business Administration), cursos de pós-graduação com abordagem focada na área de business, como marketing, vendas, estratégia para negócios e outros cursos de gestão empresarial.

Duração: mínimo de 360 horas.

Para quem:

  • Tem diploma de graduação.
  • Curte estudar temas ligados à sua profissão.
  • Gosta de pesquisar, mas não tem tempo suficiente para dedicar-se ao assunto.
  • Domina bem o inglês.
  • Pretende encaixar o estudo nos intervalos do trabalho.
  • Quer entender mais sobre business.
Leia mais  Papo de Profissional? Professor

 

Especialização: para entender do assunto

Já sabemos que todo MBA é uma pós. Agora, é necessário entender que nem toda pós é um MBA. Outra modalidade de curso lato sensu são as especializações. Essas, diferentemente do MBA, não contam necessariamente com apelo mercadológico.

Esses cursos são voltados ao desenvolvimento técnico e científico em determinada área de atuação profissional. Ao final do curso, é conferido ao aluno o certificado de especialista.

Duração: mínimo de 360 horas.

Para quem:

  • Tem diploma de graduação.
  • Curte estudar, mas não é a maior prioridade de sua vida.
  • Não pretende dedicar-se aos estudos diariamente.
  • Domínio razoável de inglês.
  • Deseja continuar trabalhando em sua área de atuação.
  • Quer ser reconhecido como um profissional especialista no assunto.

 

Mestrado profissional: quando a academia e o mercado se unem

Curso de Stricto sensu, que, embora diplome o aluno em nível acadêmico, possui apelo mercadológico. O curso busca aprofundar conhecimentos científicos, tecnológicos ou até mesmo artísticos, os quais sejam úteis no dia a dia do profissional. Ao finalizar o curso, o profissional garante o título de Mestre.

Duração: mínimo de 18 meses.

Para quem:

  • Tem diploma de graduação.
  • Gosta MUITO de estudar, mas não quer seguir na academia.
  • Pode dedicar parte do dia aos estudos.
  • Domina o inglês e tem conhecimento (pelo menos básico) de outro idioma.
  • Quer especializar-se em uma área do conhecimento e continuar no mercado, mas não descarta a possibilidade de lecionar.

 

Mestrado: o segundo passo dentro da academia

Voltado para graduados de qualquer área que buscam seguir carreira acadêmica. O objetivo do mestrado é formar professores e pesquisadores. Por ser um curso de Stricto sensu, o aluno, ao concluir, é contemplado com o título de mestre, podendo assim ingressar posteriormente em um doutorado.

Leia mais  Festival O Jovem Canta o Cooperativismo

Duração: mínimo 18 meses.

Para quem:

  • Adora estudar e se interessa por diversos temas.
  • Tem disponibilidade de estudar diariamente, durante boa parte do dia.
  • Gosta muito de pesquisar.
  • Domina o inglês e tem conhecimento de outro idioma.
  • Pretende realizar pesquisas e dar aulas.

 

Pós-graduação dentro do cooperativismo

O cooperativismo cresce a cada dia, e as oportunidades de especialização para trabalhar em cooperativas, também. A ESCOOP, por exemplo, é a entidade estudantil que busca preparar profissionais para as diversas áreas das cooperativas, focando na moderna gestão. Além dos cursos de graduação, a ESCOOP conta com um programa de pós-graduação feito especialmente para profissionais do cooperativismo. Os cursos, com diplomação Lato sensu, têm diferentes abordagens e são oferecidos em várias cidades gaúchas, tornando o ensino completo e acessível.

Duração: 370 horas

Para quem:

  • Quer se qualificar para trabalhar dentro de uma cooperativa.
  • Constrói o cooperativismo.
  • Gosta de unir teoria e prática.

Ou seja, existem pós-graduações para todos os gostos, áreas e perfis profissionais. Entendendo os tipos de cursos ofertados, fica muito mais fácil de escolher o melhor para a sua carreira, né?

Inscreva-se em nossa Newsletter!
Compartilhe: