Explicamos o que é o Sistema S e como o Sescoop se relaciona com as outras instituições.

Muita gente nunca ouviu de falar em Sistema S. Ao mesmo tempo, já teve contato com instituições como Sebrae, Senac, Sesi ou Senai. Pensando nisso, preparamos um post explicando o que é o Sistema S e o que Sescoop tem em comum com todas essas instituições.

O que é o Sistema S?

O Sistema S é o conjunto de instituições brasileiras que representam o interesse de categorias profissionais. Essas instituições atuam nas áreas do cooperativismo, comércio, indústria, transporte, agricultura e pecuária. As organizações do Sistema S auxiliam na formação profissional e na qualificação dos trabalhadores dessas áreas.

Por que o nome Sistema S?

Na década de 40, quando o Sistema S foi criado, era formado apenas pelo Sesi, Sesc, Senai e Senac. O nome de todas as instituições começava com a mesma letra: “S”, de Serviço. Apesar de novas instituições passarem a fazer parte do Sistema S, seu nome permanece o mesmo.

Quais são essas instituições?

SESCOOP – Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo
SENAR – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural
SENAC – Serviço de Aprendizagem Comercial
SESC – Serviço Social do Comércio
SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
SESI – Serviço Social da Indústria
SEST – Serviço Social de Transporte
SENAT – Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte
SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas
INCRA – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária
DPC – Diretoria de Portos e Costas

Como o Sistema S funciona?

Todas as instituições do Sistema S funcionam de forma semelhante, cada uma contribuindo para o desenvolvimento dos profissionais da área em que atua. Por exemplo: ligado ao cooperativismo, o Sescoop trabalha com o desenvolvimento das cooperativas e capacita os profissionais cooperados para atuar em funções técnicas e administrativas.

Leia mais  Registro fotográfico mostra trajetória de alunos na Escoop

Já o Senai e o Sesi atendem os profissionais da área industrial. O primeiro prioriza a educação profissional, enquanto que o segundo promove ações para melhorar a qualidade de vida do trabalhador e da sua família.

Já o Senac oferece educação profissional aos trabalhadores do comércio e serviços, enquanto que o Sesc se preocupa em proporcionar qualidade de vida a esses trabalhadores. Por sua vez, o Sebrae estimula e apoia o desenvolvimento de micro e pequenas empresas.

Atuante na área de transportes, o Senat proporciona educação profissional aos trabalhadores do setor, enquanto que o Sest promove a qualidade de vida destes funcionários. Também importantes são o Senar, que oferece educação profissional aos trabalhadores rurais, e o Incra, que atua na reforma agrária. Por fim, o DPC atua na formação e capacitação de profissionais da Marinha.

Saiba mais sobre o Sescoop.

Inscreva-se em nossa Newsletter!
Compartilhe: